RPG de fórum baseado em 'Vampire, The Masquerade'
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe
 

 Por que começar como humano, e não como vampiro?

Ir em baixo 
AutorMensagem
Mestre do Jogo
Admin
Admin
Mestre do Jogo

Origem : SP
Ocupação/função : RPG

Por que começar como humano, e não como vampiro? Empty
MensagemAssunto: Por que começar como humano, e não como vampiro?   Por que começar como humano, e não como vampiro? Icon_minitimeQui Fev 25, 2010 11:43 am

Em uma conversa com uma parceira de construção do fórum, me foi questionado se não haveria outra possibilidade de começar como vampiro neste RPG e lhe transmiti minhas explicações do porquê não tenho muita simpatia por essa idéia. Para colocar a todos os usuários e os que estão por vir a par do fundamento e assim facilitar a aceitação geral desse tipo de sistema, já que não pretendo mudar de idéia, transcrevo aqui meus esclarecimentos.

Não fui eu, e sim um amigo de quem herdei o conteúdo deste fórum, quem introduziu na internet esse sistema dos jogadores começarem em Vampiro, A Máscara como humanos, mas adotei a idéia por pensar que num RPG de Vampire os vampiros merecem ser interpretados por players mais experientes.

A parte mais central do RPG Vampire anda às voltas com as intrigas nos paços da Camarilla e seu conflito com Seitas rivais. Vampire é na verdade uma narrativa de horror pessoal que encontra sua maior aplicação prática não na matança e chupança de sangue, mas nas lutas de poder no meio político. De uma forma geral, juvenis e players inexperientes não conseguem conduzir a campanha por esse lado e o jogo fica muito "café-com-leite": é atacar um para tomar sangue, é seduzir outro porque vampiros são lindos maravilhosos... Como minha formação RPGística é de Vampire, e tenho bom entrosamento com o espírito do sistema, vejo como imaturo esse tipo de jogo caçar-seduzir-aterrorizar-pura-e-simplesmente.

O meio vampírico é como o humano elevado à milésima potência: maquinações para tomada de poder, um tentando puxar o tapete do outro, formação de alianças e traições, e até a busca de um estado interior mais elevado para alguns. Eu gosto de RPG com objetivo, a minha formação é essa. Sou da velha guarda e "old habits die hard".

Por isso acho que os iniciantes, até pegarem esse espírito e perceberem de que realmente se trata o jogo, devem começar como humanos. Isto explica por que eu particularmente resistiria a aceitar que fizessem vampiros os jogadores que não demonstraram aquela maturidade primeiro.

A exceção feita para os canons tem por finalidade encorajar jogadores a assumirem responsabilidades na trama, pois precisamos desse tipo de player, de estrategistas (inclusive entendo que a maior graça no RPG está nisso, mas alguns discordam quando se aplica a eles mesmos), não há maior encorajamento do que poder começar como um vampiro poderoso, ainda que a contrapartida disto seja desempenhar certo grau de responsabilidade pelo andamento da crônica.

Na verdade, acredito que todos que gostam de escrever e estão mesmo bem entrosados com Vampiro, já têm tudo que precisam para começar como vampiros.

Os "canons" que menciono aqui não são dos manuais de RPG, por isso a referência a eles entre aspas. Empresto a terminologia por serem personagens feitos por outra pessoa para a presente trama, a qual também não é de minha autoria, mas tive autorização para usar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Por que começar como humano, e não como vampiro?
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Tutorial: Como ser um ótimo roteirista
» S.P.E. - O Novo Começo (Crônica Oficial)
» Tutorial - Como fazer a ficha passo-a-passo
» Como ser um bom criador.
» Como Criar um Jogo no Eclipse Origins

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Vampiro, A Máscara :: Tutoriais :: Avisos e Dicas-
Ir para: